Vitória fácil, classificação garantida: só Dani não acompanha o Brasil

20/08/2010 às 11:52 | Publicado em Dani Lins, Grand Prix, Porto Rico, Seleção brasileira | Deixe um comentário
Tags: , , ,

Fabíola já demonstra mais entrosamento com as centrais (Divulgação/FIVB)

Nenhuma surpresa: ainda que fazendo testes, a seleção brasileira feminina de vôlei não teve o menor problema para passar por Porto Rico, um adversário fraco, que até agora só venceu a “poderosa” Tailândia. Os 3 sets a 0 foram obtidos em pouco mais de uma hora e assegurou a classificação para a fase final do Grand Prix.

Pela primeira vez no torneio, Zé Roberto deu uma oportunidade real para Adenízia. E a jogadora do Osasco correspondeu: dominou as ações de bloqueio e fez cinco pontos neste fundamento. Se seguir assim, será difícil perder a vaga no Mundial para a Carol Gattaz, já recuperada de uma contusão no pé.

O treinador também continuou investindo em Paula Pequeno, que vinha em má fase no ataque: até então, em cinco partidas, ela havia marcado apenas 16 pontos . Somente nesta sexta foram 11, que lhe rendeu o posto de maior pontuadora brasileira na partida e um agradecimento ao grupo.

“Aos poucos vou ficando mais à vontade em quadra. As meninas me dão muita força. As oportunidades que o Zé Roberto vem me dando são muito importantes para uma evolução gradativa. Sinto-me cada vez mais confiante para lutar pela posição”, comentou a jogadora, que também teve o melhor aproveitamento do time no ataque: 60%.

Por outro lado, ela reconheceu que o passe caiu com relação à partida contra a China: foram pelo menos umas três bolas quase na arquibancada. Mas Jaqueline compensou e foi bem mais consistente neste aspecto em relação ao que vinha apresentando.

Me chamou a atenção também a boa distribuição de bolas de Fabíola, comprovada pelos números: exceção feita a ela própria, a jogadora do Brasil que menos fez pontos foi Natália, com sete – e ela entrou no fim da segunda parcial. Ela também passou a jogar mais com as centrais: ao todo, foram 21 ataques de Adenízia e Thaísa, contra 15 de Fabiana e Thaísa contra a China. É pouco, mas está melhorando.

Em um momento no qual o time está em clara evolução, preocupa somente a situação de Dani Lins. Sem confiança, ela jogou apenas os últimos pontos do segundo set e mandou duas boas bolas para Natália, mas só. Na terceira etapa, também entrou no fim, mas começou a se enrolar com o passe quebrado e foi substituída por Fabíola, que ainda pôs a “cereja no bolo” fechando o jogo com uma bola de segunda.

Ainda acho que a Dani pode e deve ser testada neste fim de semana, mas ou ela reage ou a paciência do Zé com ela vai acabar. Potencial para isto ela tem ou não estaria na seleção.

Anúncios

Deixe um comentário »

RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.
Entries e comentários feeds.

%d blogueiros gostam disto: