Quem sai e quem fica?

23/08/2012 às 22:33 | Publicado em Rio 2016, Seleção brasileira | 12 Comentários

Quase duas semanas depois do fim das Olimpíadas, já é hora de acordar da ressaca, limpar os resquícios da festa pelas medalhas e começar a planejar o caminho até os próximos Jogos Olímpicos. E uma das primeiras missões de Bernardinho e (se ficar) Zé Roberto é saber com quem poderá contar nos próximos quatro anos.

Neste quesito, a missão de Bernardinho é menos complicada: ciente de que não é mais o mesmo de alguns anos atrás, Giba já sacramentou a sua retirada da seleção; o líbero Serginho fez o mesmo, mas não quis fechar a porta totalmente e avisou “sempre vai estar disposto a vestir a camisa da seleção”. O mesmo se aplica a Ricardinho.

Rodrigão, por sua vez, cogita migrar para o vôlei de praia, enquanto Dante, prestes a completar 32 anos, ainda sonha com o Rio 2016, mas vê seu desejo ameaçado por uma série de problemas físicos. Ou seja, temos pelo menos quatro ou cinco vagas abertas na seleção masculina para o ciclo olímpico que está começando.

No time feminino do Brasil, não vi ninguém cravando a despedida, mas podemos ter uma ideia de quem pode não estar no Rio 2016 usando o critério “idade”. E aí entram na reta as trintonas Fabi, Fernandinha e Paula Pequeno.

O caso mais evidente é o de Fabizinha. Carioquíssima, ela nunca escondeu a vontade de disputar uma Olimpíada em casa, mas dois ciclos olímpicos na seleção estão pesando e ela própria admite que “talvez não dê”. Para piorar, a sombra de Camila Brait é grande e ela já deixou de ser unanimidade faz tempo.

Paula Pequeno, por sua vez, se enquadra em uma categoria parecida com a de Giba, a de não conseguir manter o mesmo nível das atuações do passado. No caso dela, ainda há a vontade de se dedicar mais à família e o fato de ter dado declarações polêmicas recentemente certamente não contribuirá para a sua permanência.

Fernandinha conta com a vantagem de jogar em uma posição na qual o avanço da idade não tem muito impacto sobre sua presença em quadra, configurando-se até em uma vantagem pela experiência adquirida. No entanto, possui um problema crônico nas costas e provavelmente não jogará direto no esquema clube-seleção nos próximos anos, abrindo a possibilidade de alguém surgir e pegar sua vaga.

Tenho ainda preocupação especial com duas jogadoras: Jaqueline e Thaísa. Ambas estiveram muito bem em Londres, mas não as cravaria em 2016 por conta do físico. Jaqueline, por exemplo, vem muito bem nesta temporada, mas possui a carreira marcada por um certo azar e lesões sérias, em especial no joelho. Além disto, não deve esperar muito para aumentar a família com Murilo.

Já Thaisa revelou recentemente que sofre com nada menos que três problemas físicos constantes, sendo um deles desgaste na cartilagem do quadril, o mesmo motivo que abreviou a carreira de Guga Kuerten. Trata-se de uma jogadora que vai precisar de muitos cuidados para estar bem nos próximos anos.

Na sua opinião, quem sairá da seleção no próximo ciclo olímpico? A caixa de comentários e o Facebook estão abertos. Nos próximos dois posts, discutiremos ainda os nomes que devem ganhar força nas seleções nos próximos anos.

Anúncios

12 Comentários »

RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

  1. acho que se a Fabizinha tiver humildade,deixa a seleção. O que ate seria bom pra ela, pois sairia no auge, sem sofrer com tantas críticas. O mesmo para Paula Pequeno e ate Jaqueline

  2. Na minha opinião temos que conseguir naturalizar Herrera que será uma força muito grande ao ataque em nossa seleção!!

    • Naturalizaaar???? TEMOS MUUUUITA GENTE BOA! A base da seleção é uma das melhores do mundo! Fabizinha, sente que Camila Brait esta nas suas costas, e claro que Camila tem tudo para ser titular! Não sabia desses problemas de Jack e Thaisa, DUAS CRAQUES! Mas acho que tem que começa coloca a garotada pra jogaaar! No Masculino TEM MUUUUUUUUITA GENTE BOA vindo ai!

    • É a mais pura insanidade! Uma cubana na seleção brasileira! Inaceitável.

  3. Seria interassante Dante continuar, a seleção precisa de um ponteiro alto como ele, grande jogador. Mas se os problemas físicos continuarem atrapalhando, será o jeito abrir mão da seleção. As posições líbero e ponta serão as mais dificeis de repor.
    No feminino, acho q já deu o tempo de Paula e Fabizinha, já fizeram o q podiam fazer. Se fosse Jaqueline aproveitava e parava enquanto tá por cima…os próximos planos dela devem ser filhos.

    • A Paula deixou claro que quer acompanhar o crescimento da filha; já a Jaque, não sei… ela quer aumentar a família, vamos ver o que vai sair. Mas se ela se recuperar a tempo, depois que tiver o filho, dificilmente deixa a Seleção.

  4. No masculino, com as saídas de Ricardinho, Giba, Dante, Serginho e Rodrigão, há jogadores que têm chance de substituí-los bem, como o Vini (Vôlei Futuro), Douglas Cordeiro (SADA), Lucarelli (Vivo/Minas), Michael (Vôlei Futuro), Serginho (SADA)… Bernardinho não terá muito trabalho em ver quem fica com as vagas. Já na feminina, acho que o ZRG deve chamar principalmente quem disputou a Copa Yeltsin na Seleção de novatas, caso da Claudinha (Usiminas/Minas). Também acho que a Fabizinha (Unilever) não deve ficar, ela mesma já cogitou isso, então conclui-se que a Camila Brait fique mesmo com a vaga. Paulinha quer ficar mais tempo com a família e acompanhar o crescimento da filha, mas se eu fosse o Zé, não a tiraria da Seleção. Na posição de central, tanto a Adenizia (Osasco) quanto a Natasha (ex-Usiminas, vai jogar no Campinas) podem surpreender e cravar vaga. Há ainda uma remota chance da Luciane (ex-Mackenzie) aparecer, é só ela achar um time de ponta pra disputar a Superliga, já que o Brusque perdeu a Liga Nacional pro São Caetano. Natália (Unilever) trabalha pra voltar a ser a jogadora dos tempos de Osasco, aguerrida como ela é, e pode estar tinindo na Olimpíada caseira. E a Mari? Bem, a Mari pode voltar, por que não? É só ela voltar a atuar bem no Fenerbahçe.

  5. Naturalizar qualquer jogador é a coisa mais absurda que já li. Prefiro pensar que foi uma falha técnica esse comentário. TEMOS MUITAAAAA GAROTADA BOAAAAAA PRECISANDO SER APOSTADA… TEMOS MUITOS WALLACES NAS NOSSAS BASES… Aos nossos queridos e grandiosos Giba, Rodrigão, Fabi, Paula, Jack e outros… DESEJO TUDO DE MELHOR E QUE DEVEM SERVI DE EXEMPLO PARA OS NOVATOS. Que Thaisa pare também em prol de sua saúde. ESSA GALERA ESTARÁ FORA DA SELEÇÃO BRASILEIRA MAS NUNCA DO VOLEI BRASILEIRO.

  6. Alguem falou em naturalizar Herrera, e se ele tem interesse em permanencer no nosso país por mais tempo, acho mais que justo que ela seja naturalizada mesmo que nao venha a defender nossa camisa. A seleção feminina vai sofrer muito pra renovar pois nao tem meninas a nivel internacional disponivel. Precisa urgentemente ser feito um trabalho pra garimpar boas jogadoras. Paula, Fernandinha, Fabi (libero), Jaqueline, são nomes que nao vejo mais na seleção pra prox olimpiada. As outras estando bem cuidadas chegaram no Rio 2016 muito bem. Precisamos urgentemente de levantadoras. Apesar da boa apresentação de Dani Lins a partir do jogo contra a Russia em Londres não a capacitam pra vaga de titular, pois ela vem sempre com atuações irregulares. Natalia estando recuperada pode entrar tranquilamente na ponta ou saída. Mas mesmo assim precisamos fazer um trabalho forte pra pegar meninas novas e prepara-las pra entrar pra seleção e nao ficar contando com a sorte de aparecer meninas prodigios. Seleção masculina nao precisa ser comentada pois tem muita gente boa na superliga.

  7. A quadra nao e um grande problema. Temos muitas atletas novas que estarao maduras em 2016. A praia e o maior problema. As garotas que estao jogando estarao velhas em 2016 e as jovens estao muito baixas.

  8. Pessoal, obrigado pela colaboração de todos vocês. Quanto ao tópico mais polêmico destes comentários, concordo com a maioria: apesar de achar a Herrera uma ótima jogadora, não acho que o Brasil tenha necessidade de naturalizá-la. Além disso, ela já tem 26 anos, não é mais tão novinha assim…

  9. […] contrário do que eu imaginava no post abaixo, o sonho de se igualar àquela história geração de Cuba dos anos 90 está fazendo a cabeça das […]


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.
Entries e comentários feeds.

%d blogueiros gostam disto: