Os próximos – Parte II

02/09/2012 às 19:47 | Publicado em Rio 2016, Seleção brasileira | 7 Comentários


Dando prosseguimento à série dos nomes mais cotados para defender a seleção brasileira nos próximos anos, iniciada aqui, vamos falar de ponteiras e centrais.

Ponteiras:

Logo após as Olimpíadas de Atenas, o principal assunto envolvendo seleção brasileira feminina era a falta de boas ponteiras passadoras. Não por acaso, à epoca Mari foi deslocada da saída para a posição. Pois tanta foi a preocupação com este assunto desde então que Zé Roberto chegou às vésperas de Londres com um excesso de ponteiras para se decidir: além da própria Mari, tínhamos Sassá, Jaqueline, Paula, Fernanda Garay, Natália e Tandara, que acabou indo para a Inglaterra como oposta.

A boa notícia é que temos mais dois bons nomes surgindo nesta posição tão complicada: Priscila Daroit e Gabi. Ambas já foram convocadas para a seleção B e fizeram um bom trabalho. Enquanto a primeira tem bom ataque e recepção a ser desenvolvida, a segunda tem boa recepção e ataque a melhorar. Ambas, porém, contam com um grande futuro pela frente.

Também podemos citar outros nomes que correm por fora, caso de Suellen, Ivna e Ellen Braga. É importante ressaltar, porém, que a briga nesta posição no ciclo olímpico que se inicia agora não será nada fácil, pois das jogadoras que estiveram em Londres, apenas Paula deixou claro que não quer mais ficar na seleção.

Centrais

Taí outra função que não deve contar com grandes modificações nos próximos quatro anos: enquanto a capitã Fabiana chegará ao Rio 2016 com pouco mais de 30 anos, Thaísa terá a honra de jogar em casa com apenas 29, o mesmo da reserva Adenízia.

Por tudo o que vem jogando, acredito que Adenízia tem tudo para brilhar no time nacional nos próximos anos. Hoje, no Brasil, só temos duas jogadoras em condições de competir com as três: Juciely e Walewska, mas ambas já passaram dos 30 e não devem incomodar.

Isto, porém, não significa que as atuais selecionáveis devem se acomodar, afinal nomes como Andressa, Natasha e principalmente Letícia Hage devem evoluir. Resta saber se ao ponto de realmente incomodá-las.

Abaixo, o espaço de comentários está abreto, assim como no Facebook. Amanhça, falaremos dos levantadores, opostos e líberos da seleção masculina.

Anúncios

7 Comentários »

RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

  1. Considerando a continuidade de Jaque, Garay e Natalia, imagino que Gabi é o nome da 4a ponteira, no momento. Para central, nao acho que haverao mudanças tambem, mas Andressa tem o maior potencial para uma 4a vaga de central, acredito… Evoluiu mto já, além da boa altura e potencial…

  2. Para min as ponteiras no RIO2016 serão Natalia, Garay, P. Daroit e Gabi acho que Jaque engravida e com isso acaba perdendo espaço para o meio não deve ter mudança a não ser q por lesão ou aparece alguém como foi a Thaisa em 2007 tiorando a Gattaz de Pequim o que parecia certo no até 2006

  3. Carla, meio de rede do São Caetano de 1,98m é uma grande revelação da temporada 2011/2012, apostaria no crescimento dela e Andressa para o novo ciclo.

  4. Ainda acho que a posição de ponteira está carente. Dependendo das condições da Jaque e de como vai voltar a Natália, são os nomes a se juntar a Garay (por enquanto a única certa na minha opinião). Acho que a Paula não volta, mesmo se quiser. Há tempos não está jogando o suficiente para estar na seleção e depois das declaracões recentes piorou a situação e a Gabizinha é o outro nome pra compor esse time, só lamento que ela está no Unilever e acho que terá poucas chances de ser titular, pelo elenco formado vai brigar com Natália por uma vaga, já que a Logan Tom deve ser titular absoluta. Quanto a Pricilla Daroit os jogos que vi dela não me impressionaram nada.
    As centrais certamente serão Thaísa, Fabiana e Adenísia, até porque elas não têm o perfil de se acomodar, só alguma lesão ou uma queda muito grande de rendimento tirarão alguma delas da seleção e para um quarto nome torço pela Natasha, pois confesso que conheço muito pouco Letícia Hage e Andressa. walewska e Jucy não voltam.

  5. Dá pra ver pela divergência de opiniões o quanto é difícil montar um time desse. Vamos ver ao longo dos próximos meses o quanto acertamos, pessoal… abs!

  6. […] porém, vale lembrar que os demais posts da série estão aqui (levantadoras, líberos e opostas), aqui (centrais e ponteiras) e aqui também (levantadores, líberos e […]

  7. Juliana Nogueira deveria se dedicar mais forte, porque tem uma ótima altura pra uma oposta, pena que não salta nada e juro a vocês que NUNCA a vi atacar uma bola limpa (RISOS). Jucy não é jogadora de seleção. Doroit também não me impressionou nadinha como disse nossa amiga acima.

    Leticia Hage tem que treinar um pouquinho mais apesar de ser uma ótima bloqueadora com uma estatura não tão alta. Pena mesmo é a Gabizinha no unilever essa temporada.

    Fiquem tranquilos que em nossas categorias de base temos MUITA coisa boa, podem pesquisar rs


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.
Entries e comentários feeds.

%d blogueiros gostam disto: