O próximo

20/09/2012 às 18:39 | Publicado em Ary Graça | 3 Comentários
Tags: ,

Como a maioria de vocês já deve saber, a eleição que escolherá o próximo presidente da Federação Intrenacional de Vôlei (FIVB) será realizada nesta sexta-feira. O presidente da CBV, Ary Graça, é um dos três candidatos e tem ótimas chances de ganhar.

Diante disto, a questão que fica é: caso a vitória dele se confirme, quem assume o comando da Confederação Brasileira? Em teoria, Ary poderia acumular os cargos na FIVB e na CBV, mas, inteligente, ele sabe que isto não pegaria nada bem devido ao conflito de interesses. Graça prefere não se manifestar sobre o substituto por enquanto, mas provavelmente ele será Walter Pitombo Laranjeiras, o Toroca.

Alagoano de 78 anos, Toroca é vice-presidente da CBV há 28 e comanda a Federação local há 33. Já dirigiu também um dos principais times de futebol do estado, o CRB, em três oportunidades. Jogou vôlei na juventude e, inclusive, ocupou o cargo de presidente da CBV temporariamente entre as gestões de Carlos Arthur Nuzman e Ary Graça na década de 90.

Toroca também tem uma longa carreira política, acumulando sete mandatos na Câmara Municipal de Maceió e um como deputado estadual em Alagoas. Procurei na Internet e a única coisa errada deste período que achei foi uma suspeita do Ministério Público, mas até o momento não há informações se ele foi condenado.

Nos últimos tempos ele não ocupou cargo público, mas atualmente é candidato a vereador na capital alagoana. E um dos motivos que o levou a tentar o cargo novamente foi um pedido de um aliado, o senador Renan Calheiros. Sim, aquele.

Prefiro não tirar nenhuma conclusão antes de ver como será a gestão dele à frente da CBV, mas a perspectiva não parece boa. A ver. E vocês? Qual a sensação que tiveram? Alguém aqui sabe mais sobre o dirigente?

OBS: Buscando informações sobre a continuidade do comando da CBV, fiquei impressionada com a dificuldade de acesso aos dados da entidade. No site oficial, não há link para o estatuto que a rege e o organograma não apresenta nenhum nome, apenas cargos. Há muito a melhorar por aí.

Leia mais no R7Com Ary Graça no topo do vôlei, figurão alagoano deve assumir presidência da CBV

Anúncios

3 Comentários »

RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

  1. Olá, descobri este blog faz pouco tempo e tenho gostado muito do conteúdo. Nada sei sobre o possível sucessor do Ary Graça. Mas o que me impressiona nisso tudo é como a cartolagem esportiva brasileira gosta de se perpetuar nos postos de poder que ocupam. Não largam o osso! Comandante da Federação Alagoana de Vôlei há 33 anos!Hehehe…

    Um abraço e parabéns pelo bom trabalho.

    • Obrigado, Halem. Realmente, é uma pena que esta perpetuação no poder continue acontecendo. A eleição do Ary na FIVB era uma ótima oportunidade de promover uma renovação na cartolagem do vôlei, mas infelizmente não será desta vez que isso vai acontecer. Abraços!

  2. […] os cargos, Ary deve somente tirar uma licença de suas funções no Brasil, deixando o comando para Walter Pitombo Laranjeiras, o Toroca, vice da entidade. Não dá para tentar ocupar dois cargos desta magnitude ao mesmo […]


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.
Entries e comentários feeds.

%d blogueiros gostam disto: