Sada Cruzeiro, um exemplo para os clubes brasileiros

06/10/2012 às 17:38 | Publicado em Sada Cruzeiro | 2 Comentários


Em tempos de discussão sobre a viabilidade dos clubes brasileiros de vôlei, vale a pena dar uma olhada no projeto do representante verde-amarelo no Mundial de Clubes, o Sada Cruzeiro. Atual campeã mineira, brasileira e sul-americana, a equipe embarca neste domingo (7) para o Catar, onde entre os dias 13 e 19 vai tentar o título máximo que pode alcançar.

Independente do resultado contra adversários do porte de Trentino (Itália), Zenit (Rússia) e Skra Belchatow (Polônia), já bato palmas para o Sada. Por quê? Porque eles fazem o que acredito ser ideal no vôlei brasileiro: surgido em 2006, o time nunca se perdeu em gastos excessivos e, consequentemente, não foi prejudicado pela falta de paciência de seus apoiadores financeiros.

Se não conta com grana para contratar os jogadores mais badalados do inflacionado mercado, o Sada sempre foi atrás de bons nomes que não custavam tão caro assim, além de dar oportunidades para jovens. Foi daí que gente como Wallace e William Arjona começou a ser cotada e até convocada para a seleção brasileira. E a lógica do “competente, mas não tão badalado” se estende ao técnico argentino Marcelo Mendez.

Talvez por não gastar exageradamente para trazer grandes astros que dificilmente vão resolver tudo sozinhos em um esporte altamente dependente do grupo, o Sada pôde sobreviver dois anos sem um título estadual e sete até finalmente conquistar a Superliga. Trata-se de um pensamento que faz falta entre muitos gestores do vôlei brasileiro: em um campeonato tão equilibrado, não são centenas de reais a mais que farão um time invencível, mas sim trabalho persistente.

Não conheço a estrutura do clube, mas se não fosse minimamente decente, certamente o Sada não conseguiria manter a entrosada base, além de trazer um nome de peso como o cubano Leal, que reforça os mineiros a partir do Mundial de clubes. Fora da quadras, destaquemos ainda o fato de o time possuir um site bem feito, uma assessoria de imprensa competente e um departamento de marketing que volta e meia faz alguma promoção.

Como nem tudo é boa notícia, a opção do Sada em se associar ao Cruzeiro, uma das grandes torcidas de futebol do Estado, implica na antipatia de uma parte considerável dos mineiros. Sem contar que eventualmente podem ocorrer abusos inaceitáveis, como os xingamentos a Michael, do Vôlei Futuro nas semifinais de 2011.

De qualquer forma, desejo sorte ao time, que daqui a uma semana começa a disputa de um campeonato contra três adversários muito difíceis. Que vença o melhor.

Anúncios

2 Comentários »

RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

  1. Gestão profissional e racional, artigo raro no esporte brasileiro! A questão do futebol é um caso à parte. Já fui técnico do Palmeiras no primeiro ano da Parmalat. Fomos vice campeões paulista em 92 e quinto na então Liga Nacional 92/93 (precursora da Superliga). Seria ótima trazer as torcidas de futebol para dentro dos ginásios. Mas não da maneira como acontece hoje. Torcidas hoje são, na minha opinião, grupos organizados para arranjar confusão. Mas seria legal ver um ginásio lotado, com bandeiras e rivalidade sadia de clubes e pessoas que entendessem que esporte é esporte e não guerra!

  2. Realmente, belíssimo empreendimento do grupo Sada. A parceria com o Cruzeiro melhorou a equipe, que se tornou mais competitiva. Portanto foi benéfica. Melhor ainda o fato de não se perceber, até o momento, a mentalidade administrativa da diretoria do Cruzeiro. Novamente, parabéns ao grupo Sada. Quanto à antipatia em relação ao Cruzeiro, este, por suas historia, tradição e torcida, é bem maior e mais representativo que a ação de seus cartolas…


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.
Entries e comentários feeds.

%d blogueiros gostam disto: