A grande chance de Osasco

12/10/2012 às 23:11 | Publicado em Mundial de clubes, Osasco, Sada Cruzeiro | 2 Comentários

(Divulgação/Sollys)

Em sua terceira oportunidade de conquistar o título mundial de clubes, o Sollys/Nestlé/Osasco nunca esteve tão perto dele. Ao contrário de 2010 e 2011, quando a equipe chegou para a disputa como segunda ou até terceira força, desta vez as comandadas de Luizomar de Moura são favoritíssimas ao título.

E por que eu acho isso? Vamos aos motivos:

1. Osasco tem seu melhor elenco dos últimos anos. Não bastassem cinco titulares terem participado da vitoriosa campanha do Brasil nas Olimpíadas de Londres, as duas atletas restantes (Fabíola e Camila Brait) poderiam muito bem ter jogado na Inglaterra. O banco, se não é tão brilhante, também não compromete.

2. O ouro olímpico trouxe algo que parece bobo, mas é importante em um esporte de precisão como o vôlei: confiança. Mesmo desgastadas fisicamente, as estrelas de Osasco tem feito um ótimo começo de temporada e o time já acumula 31 jogos de invencibilidade, mesmo enfrentando bons adversários, como o Amil/Campinas e o Sesi. Eventualmente ocorrem algumas falhas, claro, em especial nos contra-ataques, mas a equipe não se perde nestes momentos e logo retoma o padrão de jogo.

3. Os dois principais adversários das brasileiras, Rabita Baku (Azerbaijão) e Fenerbahce (Turquia) possuem bons times, mas nada que seja excepcional. As campeãs europeias, por exemplo, perderam nomes como as regularíssimas Tom e Sokolova e resolveram apostar em Mari e Paula Pequeno, duas atletas talentosas, mas que ficaram devendo nas últimas temporadas. Já as atuais campeãs mundiais possuem um time formado por destaques de seleções de médio porte (Akınradewo, dos EUA, é exceção), e não vêm de grandes resultados. No começo do mês, por exemplo, elas ficaram apenas em terceiro (1V e 2D) em um torneio amistoso contra Dínamo Moscou, Eczacibasi e Ankara TED.

4. A sorte parece estar ao lado de Osasco antes mesmo do campeonato. Considerada por José Roberto Guimarães como a melhor jogadora do mundo no momento e destaque do Fener, a sul-coreana Kim não poderá atuar por problemas na documentação (aliás, a situação dela é tão absurda que merece um post à parte no futuro).

5. O entrosamento das jogadoras, herdado da seleção brasileira, pode ser um diferencial para Osasco, já que o Rabita e o Fenerbahce ainda não tiveram tempo suficiente para deixar o time “redondinho”. Times com atletas que estão há mais tempo junto, como o Bohai Bank, o Kenya Prisons e o Lancheras de Cataño não me parecem fortes os suficientes para ameaçar os favoritos.

Apesar de tudo isso, não custa lembrar o clichê: é preciso confirmar o favoritismo em quadra. No masculino, o Sada Cruzeiro terá uma missão teoricamente bem mais difícil contra times do porte do Trentino, do PGE Skra Belchatow, do Zenit Kazan e até mesmo Al-Rayyan, que investiu bastante para trazer alguns nomes badalados, mas também promete dar trabalho.

De qualquer forma, após o erro de deixarem o Mundial 2011 ser prejudicado pelos Jogos Pan-Americanos, é legal ver que o interesse do público pelo torneio está aumentando. Que tenhamos bons jogos para acompanhar.

Por fim, deixo o link de uma matéria feita por mim em um evento promovido pelas paulistas está semana, na qual elas falam sobre o Mundial e suas curiosidades, inclusive culturais.

Anúncios

2 Comentários »

RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

  1. Carol, sabe se algum canal vai transmitir os jogos?

  2. A BandSports está transmistindo: http://bandsports.band.com.br/noticia.aspx?n=624117


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.
Entries e comentários feeds.

%d blogueiros gostam disto: