Thank you, Stacy

11/12/2012 às 16:04 | Publicado em Stacy Sykora | 1 Comentário
Tags: , , , , ,
Stacy: uma das grandes da posição de líbero (Foto: Alexandre Loureiro/VIPCOMM)

Stacy: uma das grandes da posição de líbero (Foto: Alexandre Loureiro/VIPCOMM)

“Minha visão não é mais a mesma, então, não tem mais como jogar vôlei. É uma decisão que fui obrigada a tomar. É a vida… o acidente ocorreu quando eu estava em meu melhor momento, mas não estou triste. Tudo isso me ensinou que preciso viver da melhor forma possível, pois você nunca sabe o que pode acontecer. Eu ia jogar um playoff e quase morri”

Estas foram, em resumo, as palavras de Stacy Sykora ao anunciar sua retirada do vôlei à publicação italiana “Volleyball.it”. Infelizmente, como ela mesma admite, a jogadora, que estava no Urbino, da Itália, não conseguiu voltar a ser a mesma após aquele trágico acidente de 12 de abril de 2011, quando o Vôlei Futuro tombou enquanto se dirigia ao José Liberatti para enfrentar o Osasco no primeiro jogo da série melhor de três das semifinais da Superliga este ano.

Uma pena para o vôlei, pois Stacy foi uma grande jogadora e persistiu até onde pôde. Me arrisco a dizer que, se ela estivesse em 100% de condições, o Brasil dificilmente levaria o ouro em Londres 2012. Para quem não se lembra, a história daquela decisão mudou quando a líbero americana Nicole Davis não suportou mais a pressão de ser alvo constante dos saques brasileiros e passou a errar excessivamente. Com Stacy, acredito que a história ali seria bem diferente ou, no mínimo, bem mais dramática.

Por outro lado, Stacy está certa: diante do que passou, o principal é estar viva. Ela ainda não sabe o que fará mas, assim como ocorreu no vôlei, promete se dedicar 100%, seja qual for a nova profissão que escolher. Good luck, Stacy

Qual a imagem de Sykora fica para você? Chegou a encontrá-la durante a passagem da líbero pelo Brasil, nem que fosse para apenas um autógrafo? Compartilhe a experiência na caixinha de comentários!

Anúncios

1 Comentário »

RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

  1. É uma pena. Nunca a vi em ação pessoalmente, mas sua garra, coragem e simpatia saltavam das telas da tv. Infelizmente esse acidente aconteceu aqui no Brasil e espero que não seja essa lembrança que ela guarde do nosso país, pois ela conquistou a todos nós amantes do vôlei com sua simpatia, sua competência e seu chiclete inseparável. Também concordo com vc que ela seria osso duro de roer nas olimpíadas.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.
Entries e comentários feeds.

%d blogueiros gostam disto: